Ao Livro Nobiliarquia Pernambucana De Borges Da Fonseca

Apresentação à publicação da obra “NOBILIARQUIA PERNAMBUCANA”, pela Coleção Mossoroense.(12/07/1992)
.

São três as obras clássicas sobre genealogia publicadas no Brasil: a Nobiliarquia Paulistana, História e Genealógica, escrita por

Pedro Taques de Almeida Paes Leme ; Catálogo Genealógico das Principais Famílias, de frei Antonio de Santa Maria Jaboatão e a

notável Nobiliarquia Pernambucana, de Antonio José Vitoriano Borges da Fonseca.

A obra de Pedro Taques teve reedição por iniciativa da Editora Itatiaia Ltda, em colaboração com a Editora da Universidade de são

Paulo, e o governo da Bahia, na gestão de João Durval Carneiro, republicou o trabalho de frei Jaboatão, com introdução e notas de

Pedro Calmon. Faltava a Nobiliarquia Pernambucana, talvez a mais importante para os estudiosos da genealogia do Nordeste.

Produzida em 1748 em quatro volumes manuscritos, a obra de Borges da Fonseca teve publicação parcial pela Revista do Instituto

Arquelológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, e integral , em 1935, pelos Anais da Biblioteca Nacional, em dois volumes, com

prefácio de Rodolfo Garcia.

Agora a história das publicações da Nobiliarquia Pernambucana tem um capítulo mossoroense, com a presente edição fac-similar, a

partir de exemplares conseguidos pelo Prof. Vingt-un Rosado, editor da conhecida Coleção Mossoroense, e sob a chancela da Escola

Superior de Agricultura de Mossoró.

Procurou-se, a partir dos dois volumes da edição de 1935, recuperar a divisão inicial dos manuscritos em quatro volumes.

Sem dúvida, pelo valor e raridade da obra, fica a Coleção Mossoroense mais enriquecida, ao contar com a Nobiliarquia

Pernambucana entre seus mais de 2.000 títulos publicados até o presente, e os genealogistas e historiadores, agradecidos por essa

iniciativa.
.

Prof. Marcos Antonio Filgueira

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License