Ao Livro Siriema De Paulo Gastao

PREFÁCIO

O meu contato com o acadêmico Paulo Gastão vem já de algum tempo, a par de nossas atividades culturais, ora pelas bandas do ICOP,ora nas cangaceiragens da SBEC (da qual participo, de acordo com Kidelmir, como um cangaceiro renitente), e às vezes correndo o perigo de encontrá-lo nas rodadas radioamadorísticas de antigamente, onde inexoravelmente reclamava da LABRE com o vozeirão que Deus lhe deu. Éramos, a época, estimulados pela saudosa figura do Doutor Vingt-un Rosado, onipresente em todas as iniciativas culturais. Tendo estado ausente, por longo tempo, desses importantes conclaves e instituições, a confecção deste prefácio tem certo sabor de retorno e reencontro.

Paulo é um tipo impar de empresário que divide seu tempo com as lides culturais, envolvendo-se completamente nessas atividades, onde deixa transbordar através de palestras e escritos, sua nordestinidade.

Esta nova contribuição não destoa das suas paixões nordestinas, mesmo não sendo a Seriema ave exclusiva da região. Enfoca-a do ponto de vista da preservação, considerando o perigo de sua extinção. A questão ambiental, cada vez mais merecendo nossa atenção, recebe assim, importante contribuição ao tratar da Cariema cristata nos seus aspectos gerais e conservacionais.

Nas 20 paginas que compõem o livreto, aquela ave peralta nos é apresentada inicialmente, comme il feux, pela sua caracterização sistemática. Depois, fiel a sua verve telúrica, o autor usou a poesia sertaneja para destacar a presença da Seriema no imaginário de todos nós, bem como sua utilização como denominação na geografia e orografia da região.

As técnicas de criação que preceitua, podemos dizer, constituem o objetivo principal do trabalho, por possibilitar a recuperação populacional da espécie. Os que forem tocados pela advertência do autor recebem aqui as instruções de como proceder, bem como os doze mandamentos (sugestões) para a preservação da Seriema.É uma contribuição valida que a comunidade cientifica aplaude e agradece.

Mossoró, 24 de abril de 2009

Prof. Marcos Filgueira

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License