Aparelho Circulatório dos Insetos
circ1.png

APARELHO CIRCULATÓRIO

Os insetos possuem um sistema circulatório aberto onde o sangue (hemolinfa) corre livremente na cavidade do corpo, entrando em contato com todas as estruturas internas

ESTRUTURA GERAL

- Vaso dorsal fechado posteriormente e aberto anteriormente
- Órgãos acessórios pulsáteis

Função: efetuar todas as trocas químicas entre os órgãos do corpo; transporte de nutrientes, produtos de excreção, hormônios etc.

Meio circulatório: hemolinfa (sangue ou liquido visceral). Serve como meio de armazenamento de água, aminoácidos e como fluido hidráulico para transmissão e manutenção da pressão do sangue.

VASO DORSAL

Tubo formado por fibras musculares e tecido fibroso. Composto posteriormente pelo coração e anteriormente pela aorta.

Coração: formado por uma serie de câmaras, possuindo válvulas ostiolares que impedem a volta da hemolinfa do vaso dorsal para a cavidade do corpo.

DIAFRAGMAS E SINUS

Diafragmas são duas estruturas musculares (dorsal e ventral) que dividem a cavidade do corpo em três partes (sinus pericardial, perineural e perivisceral)

Diafragma dorsal: separa o coração das outras vísceras. Ligam-se ao coração pelos músculos alares

Diafragma ventral: separa a cadeia nervosa do aparelho digestivo.

ORGÃOS PULSÁTEIS ACESSÓRIOS

São órgãos especializados para bombear o sangue, situados na base das antenas, asas e patas.

CURSO DA CIRCULAÇÃO

1. Coração dilata-se e aspira sangue através dos ostíolos.

2. A contração sistólica impele o sangue para a frente pela aorta até a cabeça.

3. Na cabeça, parte do fluxo é dirigido para as antenas ajudado por órgãos pulsáteis. Depois o sangue é coletado no sinus perivisceral e é levado ao pericardial.

INCLUSÕES (Hemócitos)

- Amebócitos: fagocitose
- Proleucócitos: precursores
- Leucócitos granulares: transporte de nutrientes.
- Hemócitos hialinos: coagulação sangüínea

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License